TECNOLOGIA
Amazon Prime, Netflix, Globoplay: qual serviço de streaming assinar?
Desde o dia 10 de setembro, o público brasileiro conta com mais uma plataforma de streaming, o Amazon Prime.
Nos Estados Unidos, o serviço custa US$ 12,99 mensais e US$ 119 no pacote anual, respectivamente cerca de R$ 53 e R$ 487 em valores convertidos para o real brasileiro. (Foto: Shutterstock)

O serviço chega ao segmento de varejo online com um preço competitivo em comparação a outras empresas. Clientes podem aderir à assinatura por R$ 9,90 mensais ou R$ 89,90 anuais. O Amazon Prime chega no mercado para competir com outros serviços já disponíveis, entre eles, Netflix, Globoplay e HBO Go, além do Apple TV+, que estreia em novembro.

O Amazon Prime promete impactar o mercado de streaming, seja em vídeo ou em áudio. Spotify e Deezer, por exemplo, têm valores a partir de R$ 16,90, quase o dobro do oferecido pela plataforma da Amazon. 

Por praticar preços muito menores do que os concorrentes no mercado de streaming, a empresa de Jeff Bezos vem sendo acusada pela prática de “dumping”. A ação consiste na comercialização de produtos a preços abaixo do custo de produção, segundo informações do Instituto de Economia Aplicada (Ipea).

Vale lembrar que, em 2013, a França aprovou um projeto de lei contra o “dumping” praticado pela  Amazon. O projeto apresentado por representantes da União por um Movimento Popular (UMP) com apoio do Partido Socialista colocou em dia a Lei Lang conhecida por “Lei do Preço Fixo na França”. A lei teve por objetivo estipular um preço fixo na França a fim de evitar a concorrência desleal entre produtores locais e gigantes do comércio eletrônico. Na prática, a lei proibia grandes empresas como Amazon e Finac a darem um desconto de 5% sobre a obra, além do frete grátis.

Mas por que uma empresa venderia seus serviços abaixo do custo de produção? A resposta está ligada à estratégias de ganho de mercado e eliminação da concorrência. Para o professor da área de Marketing e Gestão Comercial da FGV Roberto Kanter, a estratégia pode ser denominada como Burnout – técnica realizada para aumentar a aquisição de clientes. O professor explica que quando a empresa realiza esse tipo de iniciativa, é provável que daqui a um ou dois anos, consigam conquistar uma enorme fatia de mercado mesmo que os usuários não usem o serviço com tanta intensidade.

O dumping já foi definido como prática de comércio desleal de comércio internacional pelo acordo do GATT (Acordo Geral de Tarifas e Comércio) em 1947, e atualmente pelo código antidumping da OMC.

“Qualquer prática comprovada de preços abaixo do mercado, geralmente realizada por grandes corporações pode ser denominada por dumping”, afirmou o professor Roberto Kanter, da FGV. 

Qual serviço assinar? 

Com tantas opções no mercado, pode ser difícil optar por uma plataforma. Por isso, selecionamos as principais para você comparar preços, benefícios e portfólio. 

Amazon Prime 

Um dos destaques do Amazon Prime, além do preço, é o frete grátis, sem valor mínimo de compras com prazos de entrega a partir de dois dias úteis. A plataforma de streaming oferece, ainda, o Prime Video com os conteúdos originais da Amazon, entre eles, The Boys, Good Omens, Hanna e American Gods. O Prime Reading com centenas de eBooks e revistas. O Prime Music com um acervo de duas milhões de faixas sem anúncios, e o Twitch Prime com uma seleção de jogos para download permanente.

Para novos usuários que queiram conhecer o serviço, é possível fazer a adesão ao período de teste por 30 dias e cancelar a qualquer momento, desde que a assinatura tenha sido realizada diretamente com a empresa. O cadastro disponibiliza um lembrete de renovação de assinatura, que chega ao e-mail cadastrado três dias antes da data de cobrança. Aqueles que já eram assinantes do serviço serão notificados por e-mail possibilitando a opção de upgrade na conta.

O serviço custa R$ 9,90 mensais. 

Netflix

O Netflix é compatível com um número ilimitado de aparelhos com uma ampla variedade de séries, filmes e documentários. Além do acervo de conteúdos originais, é possível baixar os episódios para ver onde quiser. A plataforma disponibiliza, ainda, até cinco perfis em uma conta Netflix garantindo uma experiência personalizada para cada pessoa da família. Novos usuários podem degustar o serviço por até 30 dias e cancelar a qualquer hora sem taxas extras. 

O serviço custa a partir de 21,90 mensais.

Globo Play 

O serviço de streaming Globo Play, da Globo, custa R$ 19,90 e oferece além de séries e filmes internacionais, todos os programas da emissora. Além da programação, ao vivo, nas principais regiões metropolitanas do Brasil. Usuários podem experimentar o serviço por até sete dias grátis.

O serviço custa R$ 19,90 mensais.

HBO GO

A HBO GO é uma plataforma de streaming de vídeo que disponibiliza aos usuários o acesso a conteúdos originais, filmes, programas e documentários. O serviço pode ser adquirido de duas formas distintas: HBO com pacote de TV ou HBO sem pacote de TV por meio das lojas digitais App Store ou Google Play Store. O serviço também oferece 30 dias de degustação. 

O serviço custa R$ 34,90 mensais. 

Apple TV + 

A  Apple TV + é o novo serviço de streaming da Apple, que tem data de estreia para o próximo 1º de novembro. A empresa promete trazer todos os meses uma programação nova e o serviço pode ser adquirido por R$ 9,90 mensais com acesso para até seis pessoas. A Apple também está oferecendo 1 ano de assinatura, quando o usuário comprar um novo iPhone, iPad, iPod Touch, Mac ou Apple TV². Um dos destaques do serviço é a série “The Morning Show”, que traz os atores Jennifer Aniston e Steve Carell. 

O serviço custa R$ 9,90 mensais. 

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.