PESQUISA
Brasileiros fazem sexo 3 vezes por semana, mas queriam mais!
Participaram da pesquisa 3 mil pessoas de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador, Belém, Porto Alegre e Distrito Federal.

Querer não é poder já diz a máxima que, quando o assunto é sexo, parece valer ainda mais. Foi o que constatou a pesquisa coordenada pela psiquiatra Carmita Abdo do Projeto Sexualidade (ProSex) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Entre os entrevistados, a expectativa de quantas vezes gostariam de transar ficou na média de 5,5 por semana. Na prática, a realidade é de 2,9 por semana. A pesquisa Mosaico 2.0 ouviu pessoas entre 18 e 70 anos de idade, com média de 35,5 anos – 49% de mulheres e 51% de homens.

Por que não transamos mais?

A pesquisa apontou diferentes razões de acordo com a faixa etária. Os jovens, por exemplo, apresentaram ter mais disponibilidade de tempo, porém muitos não têm um local adequado ou as condições econômicas favoráveis.

Entre os adultos com relações estáveis, excesso de trabalho, preocupações com o orçamento doméstico e filhos pequenos apareceram como os empecilhos mais comuns.

Ainda segundo a pesquisa, os homens transam mais por semana do que as mulheres: a média ficou em 3,15 entre eles contra 2,65 entre elas. Os homens são os que desejam mais também. Eles gostariam de ter a média de 6,48 relações por semana. Elas, 4,58.

Quantos parceiros nos últimos 12 meses?

Os homens ficaram com a média de 2,12 parceiros. Já as mulheres, de 1,27.

E quem não transa?

Na faixa etária entre 18 e 70 anos, 9% declararam não fazer sexo. Desses, 7% foram mulheres e 2% foram homens.

 

E você onde entra nessa estatística?

Por aqui, o Mais Mulher está “sentindo-se pensativo”.

=/

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.