LIBIDO
Up no prazer! Sexóloga dá dicas de como elevar suas experiências
Primeiramente, vamos entender o motivo daquela sensação boa após o sexo ou depois daquela deliciosa sobremesa.
Libido e autoconhecimento.
Eleve seus momentos de prazer com dicas de uma sexóloga. (Foto: Shutterstock)

Então, vamos exercitar nossa curiosidade. Pense em você comendo seu chocolate preferido, agora, imagine-se escutando sua música predileta. Em seguida, deixe sua mente ir até o momento do sexo com a pessoa pela qual está apaixonada. A sensação em todas estas circunstâncias é de muito prazer, certo?

A área do cérebro que é ativada é a mesma em todas estas ações e o mecanismo utilizado é o sistema de recompensa. Não é por acaso que buscamos cada vez mais e mais ter prazer e viver aquela sensação de bem-estar que sentimos no auge do sexo.

Pronto, você já sabe que estamos à procura de reviver aquelas sensações que nos remetem ao prazer. Vamos partir para a tarefa de ter prazer, muito prazer (e sem culpa)!

Como ter mais prazer

O autoconhecimento é o primeiro passo para o prazer

Comece aprendendo o que seu corpo diz para você! Toque-se, abuse dos 5 sentidos: visão, audição, paladar, tato e olfato.

Os nossos sentidos nos ajudam a interagir com o mundo exterior. Descubra com o seu parceiro ou a sua parceira qual desses sentidos dá mais prazer a cada um de vocês, este seria o primeiro passo para intensificar as sensações de prazer.

O mistério das Zonas Erógenas

Temos a tendência de colocar grande expectativa no ato sexual em si e esquecemos das sensações prazerosas de outras áreas no nosso corpo: coxas, peitos e outras tantas zonas erógenas.

Conheça as suas zonas erógenas e as da pessoa que estiver com você, o nosso corpo é um mapa cheio de tesouros. Desvendar este mistério é um jogo prazeroso. Saia do óbvio e arrisque-se.

Dicas para aprender como sentir prazer com as zonas erógenas:

Massagem: Separe um tempo para que vocês possam se conectar com o corpo de vocês.

Óleos estimulantes com aromas e cremes auxiliam o toque e tornam a experiência mais prazerosa. Sintam o momento e aproveitem o que seu corpo tem para te dizer.

Sensações de formigamento, arrepio e aquele tesão ao toque do outro são elementos surpresas na hora do sexo. Podem levar à loucura.

Preparar o ambiente com música: Pode ser um elemento estimulante e também abrir o momento para novas ideias, como strip-tease, uma dança a dois, enfim… um momento em que a música leve vocês. Uma sugestão é preparar a sua própria trilha sonora.

Privação de um dos sentidos: Se nunca pensou nisso, considere fazer. O uso de vendas ou as mãos atadas são bons exemplos. Você já deve ter ouvido falar que, se privamos algum dos sentidos, aguçamos os outros, ou seja, ficam hipersensíveis.

No sexo, podemos utilizar este recurso para ter mais prazer. Aproveite para caprichar no toque, falar baixinho no ouvido, todos esses sentidos estarão super sensíveis e o resultado é muito prazer para os dois. Ah! Não esquecendo que quem está no “poder” também fica excitado com as respostas dos estímulos.

Entregue-se ao momento

É a famosa frase: Se joga! Importante haver conexão com o momento, esteja com a cabeça “vazia”. Não leve para a cama, problemas, estresse ou dificuldades na relação. Tudo isso pode dificultar a ligação na hora do sexo e o prazer que sentimos.

Sexo está na cabeça

O que pensamos sobre sexo e como lidamos com a nossa sexualidade dita as nossas escolhas na cama. Vale aqui a dica de uma leitura fácil e gostosa, o livro “Como pensar mais sobre sexo” do Alain de Botton. É fácil de ler, sem muitos termos técnicos e nos faz refletir sobre o que pensamos sobre sexo como verdades absolutas, sem questionamentos. Pensar sobre sexo de uma forma mais livre, sem certo e errado, é um caminho para o prazer.

Divirta-se

O sexo não deve ser um compromisso com desempenho.

A satisfação sexual precisa, antes, passar pelas suas necessidades, pelas descobertas do seu corpo, para que você brinque com as suas fantasias, teste posições e, aí sim, ofereça ao outro as suas descobertas.

E se mesmo com tudo isso não houver prazer no sexo?

Sabemos que a sexualidade e a sensação de prazer é individual, única para cada pessoa. Se você ainda se pergunta porque não consegue sentir prazer no sexo ou não se sente à vontade em experimentar coisas novas na cama, saiba que o terapeuta sexual é o profissional que pode te ajudar a esclarecer e melhorar a sua sexualidade.

Gostou do que leu? São palavras da psicóloga terapeuta sexual Tatiana Leite, da equipe do site Sexo Sem Dúvida Tatiana Leite, também Terapeuta de casal, Especialista em Sexualidade Humana.

Psicólogo, terapeuta Sexual e co-fundador do portal Sexosemduvida.com, pós-graduado em Terapia Sexual pelo Instituto Brasileiro de Sexologia e Medicina Psicossomática de São Paulo (ISEXP/SP) e pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo/SP. Com especialidades em Sexualidade, Orientação e Terapia Sexual e de Casal .