CUIDADOS PET
Dicas importantes de como tratar bem seu pet
A pele e os pelos estão sem falhas? Ele tem coceira, secreção ou focinho sem vivacidade? Atente-se às vacinas, à alimentação e às consultas de rotina.
Veterinária dá 10 dicas importantes de cuidados com cães e gatos.

Boa alimentação, água fresca, um ambiente limpo, educação, muito amor e carinho. As dicas de como tratar bem seu pet são da veterinária Helena Garcia. Sem nojinho, vamos começar falando de vermes.

1. Vermifugação

A dosagem depende do porte do animal. Os vermífugos, remédios para verme, podem ser de dose única ou intervalada.

2. Vacinação

O seu bichinho estará protegido contra várias doenças
Nos cães: Déctupla (3 doses a partir dos 2 meses com intervalo de 3 a 4 semanas); Anti-rábica (com 4 meses); Giárdia e Gripe Canina.

Nos gatos: Quádrupla Felina (a partir de 2 meses de idade); Anti-rábica (com 4 meses);
Contra Leucemia Felina (Para aqueles gatos que são considerados grupo de risco, que têm convívio com outros felinos e saem de casa a noite para passear).

3. Consulta de rotina

Fazer visitas de rotina ao veterinário.

4. Alimentação

Ração! Antes de iniciar qualquer alimentação diferente, converse com um veterinário. Não descuide da qualidade, há várias opções de ração no mercado e em lojas especializadas para pets. Os cães comem certo volume em determinada hora do dia. Já os gatos “beliscam” o tempo todo.

5. Atividade Física

É importante que cães e gatos se exercitem. Espaço para eles correrem é fundamental. Gatos costumam ser mais sedentários e, quando castrados, propensos a ganhar mais peso. Estimule para que eles se exercitem com brinquedinhos e, estrategicamente, o lugar da comida.

6. Banho

Toda semana, não é necessário. A escovação, para retirar os pelos mortos, é até mais importante. Nos cães o ideal é, no mínimo, um banho ao mês e nos gatos não existe a necessidade de banhos. Eles não têm glândulas sudoríparas pelo corpo. Se não suam, não têm essa necessidade de banho.

7. Limpeza de orelhas

A limpeza deve ser somente externa. Nada de retirar o excesso de cera do conduto auditivo, esta é uma proteção natural. Em caso de algum odor incomum, vá ao veterinário.

8. Proteção e cuidados em casa

Cuidado com pecinhas pequenas que eles possam ingerir brincando. Redes nas janelas também são aconselháveis em apartamentos, principalmente com gatos.

9. Produtos de limpeza

Pense que o faro deles é muito mais aguçado e que alguns produtos de limpeza podem fazer mal a eles.

10. Pragas e Parasitas

Contra pulgas e carrapatos há produtos no supermercado de fácil aplicação ou administração que funcionam bem, como as pipetas de aplicação na linha do dorso e comprimidos 1 vez ao mês.

Para evitar sustos, vamos acrescentar mais um cuidado? Coleira com seu nome e contato em caso de fuga do bichano.

<3

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.