CLOSET
Desafio do desapego: Será que seu armário precisa de uma geral?
Ele está lotado, nada agrada e você demora horrores na hora de escolher o que vestir. Se houve identificação com este contexto, sorry, hora do pente fino.

Antes de começar, separe caixas de papelão ou sacos plásticos grandes para colocar o que você vai passar adiante. Ter dificuldades na hora de escolher o que fica e o que vai é normal. Mas pense nos benefícios: repaginação do seu estilo, ganho de tempo nas produções e, principalmente, o exercício de doar a quem precisa.

Critérios para usar na hora do desapego

Tempo de Não Uso

Se a peça estiver por quatro estações sem uso, tchau! Só não entram nesse critério roupas que você usa em ocasiões específicas, como roupas de neve ou traje fino, por exemplo.

Estado de conservação

Roupas com bolinhas, manchas e furos que não têm conserto podem não ajudar na construção da sua imagem. Mas podem fazer muita diferença na vida de outras pessoas. Pense nisso! Sapatos descascando ou com solado muito gasto também podem entrar nesse bolo.

Tamanho

Sem esse papo de guardar roupas na promessa de voltar ao antigo corpo.  Se suas medidas aumentaram ou diminuíram, aposte mais nesta nova versão de si mesma e aproveite para mudar seu estilo.

Contexto atual

Livre-se de tudo que não combina mais com os ambientes que você frequenta ou que não tenham mais a ver com você. Isso irá liberar espaço para o novo na sua vida, acredite!

Complicação

Pense! Nas peças que a gente AMA, mas que são um saco de passar, guardar, combinar, etc.  Seu armário precisa andar junto com a sua rotina ou você terá peças que só ocupam espaço e paciência.

Quantidade

Se há muitas peças pouco usadas, reflita sobre os seus critérios de compra. Consumir por impulso não é nada legal. Então, compre menos e tente estabelecer alguma regra do tipo “para entrar um, deve sair outro”. Acumular faz mal!

O que fazer com o desapego?

Doar

Bem, você pode doar para instituições de caridade, bazares de igreja ou até mesmo diretamente para pessoas próximas que não se importem de vestir roupa usada.

Trocar

Fale com algumas amigas que tenham medidas ou estilo parecidos. Elas podem gostar da ideia do desapego e vocês organizam um evento de trocas. Todo mundo sai feliz e com novidades.

Vender

Pela internet, você consegue anunciar facilmente aquelas peças mais sofisticadas que são difíceis de doar.  Há sites especializados nisso, um dos mais famosos é o Enjoei que recentemente recebeu roupas da atriz Sofia Abrahão após o programa Desengaveta do GNT.

Hora de reiniciar o closet? Outras dicas preciosas

De todos os vídeos que assistimos sobre a arte de organizar armários, gostamos muito desse do canal da Nina,  blogueira com mais de 2 milhões de seguidores. A personal organizer Carol, da @artedeorganizar, ensina truques de como dobrar e o que levar em conta na hora de guardar.

Pronta para começar? Armário novo, visu novo, vida nova!!

#PartiuDesapego

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.