NUTRI
Noções de Nutrição Esportiva, tão importante quanto os treinos
Giovana Guido é formada em Nutrição e atleta de fisiculturismo. Ela, que sabe o valor da dieta na conquista do corpo dos sonhos, dá uma ótima explanação sobre o tema.

Se você pratica atividade física, reflita sobre os seus hábitos alimentares, afinal, para chegar a qualquer objetivo físico, a alimentação é ultra importante. Ganho de massa muscular magra e perda de gordura são resultados de uma alimentação saudável, balanceada e frequente, ou seja, de 3 em 3 horas. Não há milagre!

Carboidratos

Boas fontes de carboidratos devem estar no seu cardápio e com maior frequência. São eles que fornecem energia e disposição, além de dar volume aos músculos (glicogênio) e participar da recuperação do corpo após os exercícios.

Alimentos ricos em bons carboidratos: Cereais, frutas, massas, batata, mandioca, pães integrais.

Proteínas

Fontes de proteínas também são essenciais na construção e reparação dos músculos.  Entretanto, não é necessário exagero no consumo! Porque alcançamos a ingestão necessária deste nutriente com facilidade.

Alimentos ricos em proteínas: Carnes, aves, peixes, ovos, leite e derivados, soja e feijões.

Lipídios

Eles devem estar em menor quantidade no cardápio, o que não quer dizer excluir por completo, afinal, as gorduras têm muitas funções essenciais no organismo e para o metabolismo, além de também colaborar com o fornecimento de energia para o exercício e a recuperação. Prefira fontes de gordura vegetal e peixes (gorduras boas).

Alimentos ricos em gorduras: Azeite, oleaginosas, abacate, peixes gordurosos, sementes, leite integral, queijos amarelos, manteiga.

Líquidos

Extremamente importante! Durante todo o dia, antes, durante e depois da atividade física! Quanto mais líquido você ingerir, melhor para o seu metabolismo, os seus rins e músculos. Fontes: Água, suco, água de coco, sopa, iogurte, leite, gelatina.

Vitaminas e Minerais

Quem pratica atividade física fica tão preocupado com a ingestão de proteínas e carboidratos, que se esquece das vitaminas e dos minerais. Eles organizam todo o metabolismo, ajudam na queima de gordura, no aumento da síntese de proteínas, na formação de energia, na qualidade dos ossos e órgãos e alguns deles são antioxidantes. Antes de recorrer às cápsulas, aumente o consumo diário de alimentos frescos e naturais.

Fontes de vitaminas e minerais: Verduras, legumes, frutas, cereais, ovos, leite e derivados, sementes, carnes e aves.

Bons treinos!

Capriche nas refeições pré e pós-exercício. São elas que preparam o seu corpo para atividade, fornecem energia durante e servem de estoque nos músculos para recuperação e construção de massa muscular magra.

Se suas refeições forem deficientes de nutrientes, o exercício será prejudicado, você irá se cansar facilmente e não terá bons resultados. Nunca fique em jejum por muito tempo ou vá se exercitar em jejum!

Acredite, para resultados satisfatórios e rápidos, invista numa boa dieta aliada à atividade física disciplinada. No mais, depende apenas da sua força de vontade.

 

Atleta IFBB BIKINI Fitness da GT NUTRITION USA – Team USA, campeã Paulista OVERALL 2014 e vice-campeã brasileira 2014 e 11ª Ranking Mundial de 2014, graduada em Nutrição e Pós-graduada em Nutrição Clínica e Nutrição Esportiva.