LISTA DE COMPRAS
Meninas, sobre o Óleo de Coco: Será um modismo de produto natural?
Mocinho ou vilão, não é esta a questão. O mais importante é entendermos que para cada corpo há uma reação. Busque orientação especializada, em vez de imitar a amiga.
Últimos estudos sobre as propriedades supostamente terapêuticas do Óleo de Coco. (Foto: Pixabay)

A notícia que derruba os benefícios terapêuticos da febre do momento, o óleo de coco, foi publicada na Folha de São Paulo. Se você gasta até R$ 30 em 200 ml acreditando ter ali muitas propriedades, veja o que médicos e profissionais da saúde têm a dizer sobre. Eles têm tentado nos alertar.

Últimos estudos sobre o Óleo de Coco

– Não existe embasamento científico de que ele ajude a emagrecer.

A Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem) e a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso) são contra à prescrição do óleo como terapia para emagrecer.

-Não possui ação antibacteriana.

Os médicos ouvidos pela Folha de São Paulo disseram que os últimos estudos foram realizados in vitro e ainda não são conclusivos. Por isso, ainda seria precoce contar com este poder do óleo de coco.

– Não há estudos sobre o efeito do óleo na função cerebral ou com ação protetora contra doenças neurodegenerativas.

Importante você saber sobre o Óleo de Coco

Estudos indicam que há uma associação entre o consumo de óleo de coco com o aumento de colesterol (tanto o ‘ruim’, o LDL, quanto o ‘bom’, o HDL). Diante disso, consulte seu médico antes de incluir o óleo de coco na lista de compras porque ainda não foi comprovado se consumir óleo de coco faz bem ou mal, vale consultar cada caso.

Se você usa o óleo de coco apenas para hidratar o cabelo ou a pele, tudo bem, mas converse com uma dermato mesmo assim. Ela irá indicar o melhor uso de acordo com o seu tipo de pele e fios. Já se você usa nos preparos culinários ou toma a famosa colherada matinal, converse com uma nutricionista para não estar estimulando um resultado diferente do que você deseja com a alimentação.

Sobre as supostas propriedades terapêuticas do óleo de coco, quanto a isto não há dúvidas, as sociedades médicas representadas na polêmica matéria afirmaram: ele não tem.

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.