MUSCULAÇÃO
Isometria na musculação, a famosa “seguradinha”, sabe para que serve?
Saiba que segurar a carga em um ponto específico do movimento pode variar em tempo, ângulo e conjugação com outras formas de contração de acordo com o objetivo.

Entender um pouco mais a sua série de musculação ajuda a motivar! Aquela “seguradinha, que queima tudo no fim das repetições de determinados movimentos, por exemplo , o #30 Todo Dia vai explicar.

Entenda os exercícios de isometria

A contração isométrica é bem conhecida dos praticantes de musculação. Quando trabalhada em conjunto com as contrações dinâmicas (concêntrica e excêntrica) pode aumentar o tempo em que o músculo fica sobre tensão, gerando maior “desgaste” e estresse metabólico.

Exercícios com isometria são bem eficientes no processo de reabilitação de lesões, prevenção de dores lombares, estabilização da coluna e manutenção da postura.

Como resultado, pode-se ter ganhos de força e hipertrofia, entretanto o uso de isometria em programas de musculação para maximizar ganhos de massa muscular ainda carece de respaldo científico.

Benefícios isometria

Permite a ativação de grupos musculares sem, necessariamente, gerar “movimento” ou estresse para a articulação. Outra possibilidade é isolar determinado ângulo de trabalho para ganho de força, por isso a isometria é tão usada em reabilitação de lesões.

Também podem ajudar na prevenção de dores lombares e no fortalecimento das musculaturas estabilizadoras da coluna, responsáveis pela postura.

Então se você tem receio de fazer isometria porque não quer ficar grandona. Relaxa! A hipertrofia muscular com exercícios de isometria ainda é tema de estudo.

Dicas da equipe 30 Todo Dia.

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.