CARREIRA
Mulheres microempreendedoras: Somos a maioria na taxa de crescimento
Segundo o Sebrae, o número de brasileiras donas de empresas cresceu 34% entre 2001 e 2014. A participação feminina é forte no universo das micro e pequenas empresas.
Sabia que as mulheres são a maioria na taxa de crescimento de microempresas?

Acredita-se que pela adaptação ao mercado de trabalho em crise, busca por liberdade criativa e flexibilidade na rotina, as mulheres investem, cada vez mais, no próprio negócio. O número de mulheres donas de microempresas cresceu 34% entre 2001 e 2014. No caso dos homens foi de 14% no mesmo período. Em 2014, eram 7,9 milhões de mulheres empresárias atuando no mercado formal e informal.

“A flexibilidade de horário de um dono de negócios é um atrativo para as mulheres que desejam organizar as finanças e, ao mesmo tempo, cuidar da família”, destacou o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Empreendedorismo e tarefas de casa

A pesquisa também revelou que a proporção de mulheres chefes de família e empresárias aumentou de 27%, em 2001, para 41%, em 2014. Enquanto que o número de homens chefes de família e donos de negócio diminuiu de 82% para 70% no mesmo período.

Tempo de estudo

Também estamos estudando mais! Nosso tempo médio de estudo passou de sete para nove anos entre 2001 e 2014. “Isso demonstra que se preparam mais do que os homens antes e durante a implantação das empresas”, afirma Afif.

Fluxo de caixa, administração financeira e até ter noções de marketing para micro e pequenas empresas. Sim, fale conosco! Fazemos o serviço. Se você está sem grana para fazer cursos, acessa a página do Sebrae que tem muito conteúdo completo disponível gratuitamente.

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.