REPRESENTATIVIDADE
Mulheres que a publicidade não mostra
Atualmente a questão da representatividade está sendo amplamente discutida, mas na publicidade o caminho ainda é logo quando a questão é a quebra de estereótipos.
Foto: Adobe Stock

Por isso, o projeto Mulheres (In)Visíveis criou um banco de imagens, que representam e incluem todas as mulheres sejam elas negras, gordas, idosas, lésbicas e trans retratadas de formas livre e sem preconceitos.

A iniciativa teve início em 2017 através da consultoria 65|10 e do coletivo CatsuStreet, que lançaram recentemente a segunda edição do projeto fotografado por Helen Salomão e tem 97 imagens. A venda das fotos está disponível nos sites Fotolia e Adobe Stock e a renda arrecadada será revertida para a expansão do projeto.

Foto: Adobe Stock

“Fazer parte do projeto Mulheres (In)visíveis é uma honra. Vê-lo crescer nos enche de esperança de que estejamos mais próximos de reconhecer não só a beleza na diversidade, mas também o inegável impacto positivo – para empresas e pessoas – de refletir sobre e incluir diferentes realidades”, diz Gabriela Viana, diretora de marketing da Adobe da América Latina, sobre o projeto.

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.