CARREIRA
Crie o seu networkig, habilidade chave para o sucesso
Desenvolver relacionamentos é cada vez mais importante para novas oportunidades, tanto na carreira, na liderança de um grupo ou nos negócios de produtos e serviços.
Coach apresenta uma das habilidades mais valorizadas para o sucesso profissional.
Dicas para estabelecer um networking de sucesso. (Foto: Pexels)

Vamos te contar o segredo para um networking eficaz: é a maneira como desenvolvemos uma relação baseada em necessidades e interesses que são comuns a uma pessoa ou um grupo de pessoas.

Vale ressaltar a aplicação do conceito “3 Ps” que valem para qualquer relação pessoal, profissional ou comercial. São eles: paciência, persistência e pontualidade, pois a efetivação de um networking exige um certo grau de esforço e engajamento pessoal no ato de estabelecer os primeiros contatos e tempo para poder acompanhá-los e sustentá-los.

Então, a primeira pergunta a se fazer para iniciar um networking de sucesso é: “O que eu sei fazer que posso oferecer para alguém?” e a segunda, tão importante quanto a primeira , é “O que alguém necessita que posso aprender a oferecer?”.

A primeira pergunta está diretamente ligada a AUTOCONHECIMENTO e a segunda a AUTODESENVOLVIMENTO e às necessidades específicas de um público.

Significa então que um “networker de sucesso” é aquele que está trabalhando para criar uma rede eficaz de relacionamentos com compromissos mútuos. Ele deve acreditar e confiar naquilo que oferece para sua rede e, acima de tudo, continuar investindo constantemente na sua atualização de conteúdos para promover um aprimoramento no seu rol de produtos ou serviços oferecidos.

Importante entender que não é apenas mostrar aquilo que você faz. As pessoas precisam perceber que você tem uma preocupação e um interesse genuíno na construção de um relacionamento de confiança e que deseja realmente entregar algo útil e necessário para que elas possam se sentir recebendo benefícios, valorizando o tempo e os recursos que estão sendo investidos nessa relação.

Quantas vezes você já se desconectou de alguma estratégia de telemarketing ativo ou abandonou um grupo por não acreditar naquilo que estava sendo comunicado? É assim que as pessoas desistem de algo, por não acreditarem no que está sendo comunicado.

Pense que criar um evento presencial ou até virtual para o estabelecimento dos primeiros contatos pode ser uma armadilha se o networker não tiver a consciência real daquilo que acredita que irá oferecer ao seu público como um benefício. É preciso ter, portanto, um interesse genuíno na oferta de um benefício que possa auxiliar alguém e que este possa reconhecer um valor agregado naquilo que está sendo comunicado, pois as pessoas percebem quando o interesse é apenas a obtenção de uma vantagem pessoal ou lucro financeiro.

Cabe aqui, neste momento, um outro conceito, o dos “3 Gs” que é: ganha, ganha, ganha, ou seja o bom networker deve saber equalizar a sua comunicação para “Eu ganho, você ganha, nós ganhamos”.

Uma outra armadilha é falar mais do que fazer, é preciso ser congruente e agir conforme a sua fala, ou seja, se você deseja ser lembrado na sua rede de relacionamentos faça mais e fale menos. Isso significa que as pessoas se afastam de pessoas que apenas ficam prometendo aquilo que irão fazer. Então, neste encontro presencial, precisará fazer algo para mostrar ao seu público que você domina o assunto, além de estar aberto a mais doar algo do que ganhar algo.

Ou seja: doar imediatamente para receber a prazo, pois você irá construir uma relação duradoura baseada em compromissos mútuos, lembra-se?

Isso vale até para um candidato a uma vaga de emprego, pois ele precisa acreditar em si mesmo e saber quais são as necessidades do contratante. Para isso, é necessário novamente saber fazer as perguntas certas e estar disposto a ouvir as respostas, ou apenas relembrando “Quais são os interesses mútuos nesta relação?” ou “O que eu posso oferecer?” ou “O que eu preciso aprender a oferecer?”.

E deste modo, identificando as necessidades e interesses do seu público (que pode ser uma empresa, um indivíduo ou um grupo de pessoas), o seu trabalho será o de apresentar as respostas certas que eles querem receber, enfim, as soluções inteligentes para os problemas e necessidades deste networking.

Feito isso, você irá manter esta rede sempre informada com novidades e atualizações constantes com conteúdos, dicas e soluções e irá acompanhar pontualmente as novas necessidades que irão surgir por e-mail, telefone e até contato presencial com seu público.

É preciso também saber agradecer a quem estiver junto com você na sua rede de relacionamentos, pois estas pessoas também estão a auxiliando, fornecendo informações ou apenas fazendo perguntas que você irá, prontamente, se dedicar a responder.

Portanto, sempre que possível, agradeça publicamente e elogie genuinamente o seu público, isso reforçará positivamente a sua autoconfiança e elevará a motivação do seu networking de sucesso.

Para finalizar, reforce o seu networking o alimentando continuamente. Apenas desta forma ele irá crescer e evoluir com o tempo e as pessoas que fazem parte dele irão se lembrar de você como um inteligente e confiável solucionador de problemas.

Este é o segredo dos networkers de sucesso: eles entregam soluções confiáveis que as pessoas seguem e replicam.

Especialista em Comunicação e Ciência do Comportamento, idealizador da Metodologia de Coaching Comportamental Evolutivo® no Brasil, Certified Master Coach pela Graduate School of Master Coaches do Behavioral Coaching Institute (BCI) e Executive and Leader Coach pelo International Coaching Council dos EUA (ICC), além de ser Master Trainer PNL, Consultor Comportamental DISC, Psicanalista Clínico, Hipnoterapeuta e Master Trainer em Micro Expressões Faciais pelo Center of Body Language da Europa (CBL).