MULHER
Outubro Rosa deixou seu recado: Atenção com a saúde da mama, mulherada!
Sentiu algo de diferente na mama, vá ao médico. A estimativa de novos casos de câncer de mama para 2016 e 2017 é de 57.960 mulheres e o diagnóstico precoce é crucial.

Os dados são do Instituto Nacional do Câncer (Inca). As regiões do país com maior incidência de casos são: Sudeste, Centro-oeste e Sul. O acesso à informação é um dos pontos mais importantes no combate a esta doença. Se, por acaso, você notar nódulos nos seios, alterações no formato e na textura do mamilo ou da mama (fora do período pré-menstrual), procure atendimento médico. Secreção no mamilo sem motivo aparente também deve ser investigada.

A detecção precoce é o que aumenta as chances de cura e hoje há avanços científicos nos tratamentos. A Oncoguia, uma instituição de apoio a pacientes com câncer sem fins lucrativos, produziu um vídeo explicativo bem legal. Assista e saiba a importância da definição do tipo de câncer de mama para a escolha entre as opções de tratamento.

Tipos de Câncer de Mama e Tipos de Tratamento

Por que é importante saber o tipo de câncer em caso de diagnóstico da doença? Porque o padrão específico de crescimento e disseminação do câncer varia e isso influencia na escolha do tipo de tratamento que será adotado.

O mais importante disso tudo, mulher! Depois dos 30 anos, é bom redobrarmos a atenção com a saúde da mama. Tenha o costume de ensaboar mais os seios e as axilas na hora do banho notando a sua mama.

Leia também: Vamos falar de como podemos nos prevenir do Câncer de Mama?

Good vibes e cuide-se sempre!

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.