SAÚDE
Prevenção ao câncer de mama é o foco do movimento Outubro Rosa
O diagnóstico precoce pode salvar vidas, já que ele pode impedir que a doença se desenvolva rapidamente.
Foto: Shutterstock

De acordo com informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA), um em cada três casos de câncer pode ser curado quando descoberto no início. E com o objetivo de alertar população e governos sobre a importância de prevenir novos casos da doença, nasceu a iniciativa Outubro Rosa.

O câncer de mama caracteriza-se pela multiplicação de células anormais da mama, que tem um alto potencial de invadir outros órgãos. E por esse motivo, o diagnóstico precoce pode salvar vidas, já que ele pode impedir que a doença se desenvolva rapidamente. Apesar do câncer de mama atingir principalmente as mulheres, ele também pode ocorrer em homens, mas é extremamente raro, e acontece em apenas 1% dos casos.

Existem alguns fatores de risco para o desenvolvimento da doença, entre eles: obesidade após a menopausa, sedentarismo, primeira menstruação antes dos 12 anos de idade, ausência de filhos, gravidez após os 30 anos, menopausa após os 55 anos, reposição hormonal por mais de cinco anos e histórico familiar de câncer de ovário e de mama.

Além disso, a doença se manifesta através de alguns sinais, e é importante ficar atento a eles. Confira:

– presença de nódulos nos seios, em geral indolor;

– pele da mama com aspecto avermelhado e com textura de casca de laranja;

– alterações nos mamilos;

– pequenos nódulos abaixo dos pescoço e nas axilas;

– presença de líquido anormal nas mamas.

*Atenção: a presença de um ou mais sinais pode indicar a presença de câncer de mama, mas é possível que sejam características de outros problemas. Procure sempre um médico. Só ele pode dar o diagnóstico correto.

Por isso, fique atenta aos sinais do seu corpo. Além disso, o exame de mamografia é recomendado para mulheres de 50 a 69 anos, que devem realizá-lo a cada dois anos. Um dos maiores benefícios de descobrir a doença no início são as chances de sucesso e possibilidade de ter um tratamento menos invasivo.

 

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.