PET LOVERS
Que bichinho escolher? Veja alguns pontos importantes a considerar
Pense essa decisão como a de um casamento. Afinal, vocês vão passar muitos anos juntos, inclusive no período de férias e nos fins de semana de sol.

Reflita sobre o que você espera dessa relação, quais locais da casa são apropriados para abrigar um animal e qual é o seu pique para as novas tarefas que farão parte da sua rotina. Tudo isso influencia na escolha da espécie, na idade e no sexo do animal ideal para o seu estilo de vida.

Outros fatores são: se mora em casa ou apartamento e se você tem criança pequena em casa. Após esta breve avaliação, procure saber mais sobre o temperamento e as necessidades particulares de cada espécie. Assim, fica muito mais fácil promover um encontro perfeito entre um bichinho e você. Ah, se sua paixão por pets for por animais silvestres, cheque se a adoção do animal é permitida.

Filhotes ou já maiores?

Não se deixe levar apenas pela fofura dos filhotinhos. Adoráveis, mas dão mais trabalho. Você terá que educar, levar para tomar vacinas e cuidar até que ele cresça, quando só então ficará mais independente. Se não há tempo na agenda para treinar o bichinho (onde comer, onde fazer as necessidades, onde deitar e dormir), melhor escolher um animal jovem ou adulto. Virá com alguns vícios, mas tomará menos tempo do seu dia certamente.

Macho ou fêmea?

Os comportamentos são diferentes, fato! O fator especial das fêmeas é o cio. O sangrar requer alternativas para não sujar a casa e reprodução, caso você queira promover ninhadas. Procure saber de tudo que possa impactar no seu orçamento. Já os machos têm um forte lado territorial. Saiba que eles se acham os donos do pedaço por isso costumam ter reações mais agressivas de super protetores.

Porte maior ou menor?

Caso você não tenha muito espaço ou, no caso de cachorro, não tenha muito tempo para praticar exercícios com ele, animais de pequeno porte e sem tendência de obesidade seriam os mais indicados. Ah! Sabia que cães pequenos têm expectativa de vida maior? Sobre as diferentes raças, saiba que um bom companheiro de caminhadas e corridas pode ser Setter Irlandês ou Border Collie, para tranquilidade do lar Yorkshire costuma funcionar. Para proteção da casa com grande instinto territorial que tal um Fila Brasileiro?

Ó, escolha cruel!

<3

O Mais Mulher entende o universo feminino e traz informação sobre alimentação saudável, atividade física, yoga, amor, sexo, moda, comportamento e beleza em um só lugar.