FIOS PELA CASA
Queda de cabelo: será preocupante? Dermato explica
Entenda melhor nossos queridos pelos, companheiros que desejamos preservar conosco por muito e muito tempo, e os fatores que serão avaliados no diagnóstico.
Também está com cabelos caindo pela casa? Dermatologista explica possíveis causas. (Foto: Pexels)

Para quem não sabe, o componente principal do pelo é a queratina e participam de sua estrutura cerca de vinte aminoácidos, sendo os mais importantes a cisteína, a arginina e a citrulina.

O crescimento dos nossos pelos não é contínuo. Há uma alternância de fases de crescimento e repouso, que constituem o ciclo do pelo. Os fatores reguladores do ciclo do pelo são desconhecidos, mas admite-se a influência de fatores internos e externos, como: doenças, desequilíbrios nutricionais, emocionais e hormonais.

Do ponto de vista funcional, eles servem como proteção, tanto nas narinas, nos ouvidos e olhos e no couro cabeludo.

Queda de cabelo

O fator desencadeante para a queda de cabelo varia de pessoa para pessoa, mas pode estar relacionada aos seguintes episódios.

  • Pós-parto: é frequente, de intensidade variável, pode persistir por meses;
  • Contraceptivos orais: ocorre após algumas semanas de suspensão da pílula;
  • Regime de emagrecimento: carência alimentar ou por drogas utilizadas no regime;
  • Deficiência de proteína: má-nutrição, gastroenterites ou regime alimentar;
  • Deficiência de ferro: anemias, hemorragias e regimes de emagrecimento;
  • Deficiência de zinco: alimentação inadequada;
  • Estados tensionais prolongados: o estresse emocional pode causar quedas difusas;
  • Doenças sistêmicas: lúpus eritematoso, anemias, hiper e hipotireoidismo, diabetes não controlado, hepatites, sífilis;
  • Pós-cirurgias: após infecções e febres.

Clinicamente, caracteriza-se por pelos facilmente destacáveis, sendo a queda exagerada a principal queixa. O normal é cair até 100 fios de cabelo por dia.

Tratamento para queda de cabelo

Em primeiro lugar, importante identificar e tratar a causa da queda cabelo, ou seja, a condição ou doença pré-existente. Procure orientação médica para um diagnóstico correto antes de pensar na solução. Com exames de sangue como hemograma, dosagem de ferritina, glicose e dosagem de hormônios da tireoide logo você vai saber a causa.

E calma! A perda de até 100 fios de cabelo por dia está dentro da normalidade.

Hábitos saudáveis

Ter uma alimentação balanceada, rica em proteínas e minerais (ferro e zinco) é o principal. Caso você necessite de polivitamínicos, será prescrito. Não se automedique.

Outra forma de ajudar-se é controlar o estresse emocional e praticar atividades físicas, fundamentais para a nossa saúde do fio de cabelo à ponta do pé.

Andrea Regina de Oliveira Leal Souza, médica, pós-graduada em Dermatologia e Medicina Estética e fascinada pelo mundo dos cosméticos.