YOGA
Mamães e papais, que tal praticar yoga junto com seus bebês?
Isso tem a ver com conexão, inteligência emocional, mente tranquila e o como decidimos viver, olhar o mundo, as pessoas e a nós mesmos, cuidando de tudo com amor.
A conexão estabelecida entre mãe ou pais e bebê é importante para o desenvolvimento cognitivo e emocional. (Foto: Pinterest)

Práticas contemplativas e posturas de Yoga são atividades possíveis de fazer com os pequenos, inclusive ainda bebês. Já ouviu falar em Matroginástica? O termo vem de materno, ou seja, é a ginástica praticada com a mãe. Porém, pode-se ampliar a definição e pensar como uma atividade física que pode ser praticada em família. Por que não considerar o Yoga?

Esse conceito de Matroginástica surgiu na década de 1970, na Alemanha, por meio do Professor Helmut Shulz, que resgatou a importância para a saúde física e psicológica das crianças brincarem com os pais. Já no Brasil, a técnica foi implantada em 1975 a partir de um curso ministrado pelo próprio professor alemão.

Com métodos da Matroginástica e os conceitos do Yoga, podemos praticar a MatroYoga, uma atividade de Yoga desenvolvida para mães e pais com suas crianças. Para praticar Hatha Yoga com o seu bebê a primeira dica é: Seja posturas, massagens ou meditação, faça no tempo do seu bebê.

Em alguns dias, ele estará mais choroso, em outros estará sonolento e em outros estará conectado com você. Se ele quiser colo, mamar ou dormir, dê PRIORIDADE a isso, por que assim estará praticando Yoga de verdade 😉

Outra dica é nunca usar o seu bebê como peso. Porque quando ele ficar pesado demais ou quando você estiver cansada como fará? O ideal é ter o bebê sempre próximo ao seu corpo, com suavidade, ou à frente de seus olhos. Esta conexão será importante para o desenvolvimento cognitivo e emocional dos bebês.

A Unicef diz: “Os seis primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento integral de meninas e meninos. Nessa fase, a criança desenvolve grande parte do potencial cognitivo que terá quando adulto. Por isso, representa uma janela de oportunidades. A atenção integral nessa faixa etária tem impacto decisivo nos processos de aprendizagem e de construção de relações sociais, fatores que influenciarão a vida afetiva, profissional e social”.

Se quando um pai, uma mãe ou um professor diz: “Preste atenção!!”, essa criança perguntasse: “Como?”. O que responderíamos? Praticar yoga e meditação é treinar um método de plena atenção e concentração. Compartilhe com seu bebê o conhecimento de que temos um lugar calmo em nós e que focando a atenção na respiração por alguns minutos é possível encontrá-lo.

Pesquise locais próximos a você com aulas de yoga adaptadas para bebês e boa prática!

Formada em Yoga pela Humaniversidade com chancela da Aliança do Yoga, com estudo de sutras e treinamentos de práticas meditativas com mestres da Ordem Budista Chinesa Fo Guan Shan da escola Ch’an (Zen) e no CEB – Cultivating Emotional Balance. Idealizadora e organizadora dos projetos: RoteiroZen, Yogue, Ioga e Meditação, Vegassauro e Parto Prematuro.